buzioscvb@gmail.com
+55 (22) 2623-3260

Assembléia vai decidir mudança de endereço do SindSol

Antes mesmo de terminar 2017, o Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SindSol) vai realizar uma Assembléia para decidir, com sua diretoria e associados, pela mudança de seu endereço, conforme seu estatuto. Esse tipo de reunião vai acontecer com outras entidades como Associação de Hotéis de Búzios (AHB), Búzios Convention & Visitors Bureau (BCVB), Associação Comercial e Empresarial de Búzios (ACEB) e Associação de Pousadas de Búzios (APB) que estão criando o PACTO – União das Entidades Empresariais. Todas vão funcionar em um só endereço, na sede da ACEB, na Avenida José Bento Ribeiro Dantas, nº 2, Shopping Portal da Ferradura, no centro. Desde fevereiro desse ano, quando foi anunciada a sua criação, o PACTO vem promovendo uma série de ações em conjunto com a Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico, visando também, a chegada do próximo verão, com objetivo de amenizar os problemas comuns de infra-estrutura, quando a cidade recebe neste período, grande quantidade de visitantes.

O PACTO nasce com a missão de aperfeiçoar as ações de um grupo de instituições e de empresários de grande representatividade, visando promover o desenvolvimento sustentável e estabelecendo uma harmônica e construtiva parceria com o poder público municipal. As entidades já estão sendo instaladas na sede da ACEB e inúmeras reuniões setores da cadeia produtiva do turismo de Búzios estão sendo realizadas. Esse novo projeto, segundo o presidente do Búzios Convention & Visitors Bureau e Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SindSol), empresário Thomas Weber, prevê a legalização do comércio, a organização empresarial da cidade, aumento da arrecadação, melhorias na infra-estrutura, investimento na divulgação do destino e também, atrair mais visitantes.

Ações do Pacto
O PACTO – União das Entidades Empresariais, sempre em parceria com o Poder Público, vem trabalhando há meses, em diversas ações com foco no desenvolvimento econômico do município. Entre elas, a estruturação da sede da ACEB para receber todas as entidades; preparação dos grupos para as eleições do PACTO; assinatura de normas, parcerias, acordos – ISP, encontros com o poder judiciário, polícias militar e cívil, Prefeitura, dentre outras; ação para excluir das OTA’S (On line Travel Agency) meios de hospedagens não cadastrados no Cadastur; ação de fiscalização do lixo; combate ao assédio na área pública, apoio ao plano verão, distribuição de folhetos sobre coleta de lixo domiciliar e comercial, apoio ao censo nos meios de hospedagem, propostas para regulamentação sobre poluição sonora; plano diretor do comércio; apoio ao estudo de capacidade de carga; e tantas outras. Thomas Weber destaca como ações, por exemplo, a instalação de câmeras de monitoramento em diversos pontos da cidade:

– A União das Entidades Empresariais – Pacto identificou problemas ocorridos durante o verão 2016/2017, por parte da Prefeitura, como recolhimento do lixo, legalização do comércio e segurança. Nós, empresários, iniciamos uma campanha através de folheto impresso conscientizando a população sobre os horários e regras no recolhimento do lixo e ainda, uma campanha de conscientização e compra de lixeiras padronizadas. Sobre a segurança pública, já estamos apoiando a Polícia Militar e a Guarda Municipal, além da implantação do monitoramento da cidade através de câmeras. Em conjunto com a Prefeitura, estamos propondo a retirada de promotores em áreas públicas – passeios, restaurantes, comerciantes com base nos Códigos de Postura e Tributário – comentou o empresário.

Outro projeto em andamento pelo PACTO, se refere ao Plano Estratégico pós verão. Ele consiste, por parte da Prefeitura, a promoção e divulgação da cidade – apoio ao projeto de feiras e eventos de acordo com o plano estratégico apresentado pelo Búzios Convention e entregue nas mãos do prefeito. Já os empresários, ficam com a responsabilidade da organização dos produtos turísticos, além do sol/praia e congressos, focando o turismo de casamento, eventos, religiosos, esportivo, de aventura e outros. Os empresários, unidos, vão orientar o comércio sobre a importância do Cadastur, ações de combate ao assédio comercial, legalização dos imóveis e atividades, como também a classificação hoteleira e a categorização do comércio.

Na legalização, o Pacto propõe também, que a Prefeitura promova ações itinerantes com a participação de várias Secretarias para agilizar o projeto de legalização. A fase 3 do projeto, denominado como Plano Estratégico Pré-Verão 2018 tem como foco, traçar novos objetivos com base no estudo de capacidade de carga – recolhimento do lixo, segurança, trânsito, ordenamento público e legalização. O empresário finalizou, dizendo que o Pacto – União das Entidades Empresariais de Búzios vai ser saudável ao turismo de Búzios, que é a sua principal fonte de economia.

Foto: Gustavo Medeiros

Comentários