buzioscvb@gmail.com
+55 (22) 2623-3260

Empresários do setor náutico de Búzios comemoram decisão da Câmara de Vereadores que pede, através de indicação, a suspensão de novas licenças

Vários empresários do setor de transportes náuticos em Búzios comemoram decisão da Câmara Municipal que esta semana, aprovou por unanimidade indicação de autoria da vereadora Joice Costa, dispondo que “ não sejam dadas permissões para novas empresas de transporte náutico como: escuna, traineira, catamarãs e similares, até que se tenha a conclusão do Estudo de Capacidade de Carga “. A maioria dos integrantes do Conselho Municipal de Turismo também votou entre si, pela suspensão. A notícia animou empresários de outros setores do turismo de Búzios. O presidente do Búzios Convention & Visitors Bureau (BCVB),empresário Thomas Weber ressaltou a importância também, de um Estudo de Capacidade de Carga para saber, por exemplo, quantos veículos e pessoas cabem na cidade nos períodos de alta e melhor temporadas.

Ao invés de limitar o número de embarcações (escunas), que oferecem passeios turísticos pelas principais praias do balneário, a Prefeitura de Búzios, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública, nos últimos dois anos, liberou o dobro de licenças das 14 já existentes, gerando uma crise no setor. Hoje, de acordo com informações, são mais de 30 operando na cidade. Uma nova entidade, a ABATUR – Associação de Barcos de Turismo de Búzios está sendo criada com objetivo, dentre outros, de organizar o setor:

Outro grave problema que atinge o setor é a interdição, por parte da Superintendência de Patrimônio da União do Rio de Janeiro, do Píer Público do Centro, controlado pela Prefeitura, em virtude de problemas documentais junto ao SPU.

Com isso, as escunas estão sendo obrigadas a embarcar e desembarcar os turistas em um píer privado, pagando por pessoa. A falta de infra-estrutura do píer do centro reflete diretamente no turista, que fica exposto ao sol, sem banheiro público ( o que existe funciona em condições precárias, causando um total desconforto para quem procura esse tipo de serviço turístico. Em reunião com o setor, a Secretaria de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico anunciou reformas no píer a partir do dia PRIMEIRO de abril de 2018.

A primeira escala da 21ª Temporada de Transatlânticos em Búzios está prevista para o dia 1º de novembro próximo, o que vai impedir o embarque e desembarque de escunas no Píer Privado, na praia da Armação, que pertence ao Porto Veleiro. Até o momento, não tem previsão de reabertura do cais público do centro.

Comentários