buzioscvb@gmail.com
+55 (22) 2623-3260

Independente do tamanho, cães também são hospedes em pousadas de Búzios

O fenômeno da humanização é crescente e traz às pessoas a necessidade da companhia constante dos seus amados cães em férias, passeios e momentos de lazer.

Como legítimos membros da família, os pets, cada vez mais estão presentes nas férias, passeios e momentos de lazer. O fenômeno da humanização é crescente e traz às pessoas a necessidade da companhia constante dos seus adorados cães. Algumas chegam até a desistir de viajar se não puder levá-los.

Mais de 50 milhões de cães e 22 milhões de gatos de estimação. Esses números impressionantes, divulgados em 2016 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ajudam a entender o sucesso de um dos negócios que mais crescem no Brasil: o mercado pet. Com faturamento previsto de 19,2 bilhões de reais e expansão de quase 7% em relação ao ano passado, o setor resiste à crise.

Shih Tzu, Pug, Lulu da Pamerânia, Bulldog Francês, Boston Terrier e Chihuahua, Toy Poodle são consideradas as menores raças de cães do mundo. Os maiores, são Pastor-do-Cáucaso, Mastim Inglês, Terra Nova, Kamador,Lébrel Escocês, São Bernardo, Terrie Preto, Dogue Alemão , Afghan Hound e tantas outras raças.

Sem frescura
Meios de hospedagem associados a Associação de Hotéis de Búzios e Búzios Convention & Visitors Bureau aceitam em seus estabelecimentos, cães de todas as raças e tamanhos – o vira lata é super bem vindo. Poucos sabem, mas a mordomia é total. Alguns cobram um percentual a mais no valor da diária que variam de 10 a 15%. Outros, a diária do animal também oscila – de R$ 30,00 a R$ 150,00.

Alejandro Palma, empresário argentino e proprietário da aconchegante Pousada Aquabarra, na Colina de Geribá, não tem frescura com animais, muito pelo contrário, aceita cães de pequeno e grande portes. Aliás, em seu estabelecimento, Alejandro convive com Chico e Gina, dois cães da raça Shih Tzu, uma atrações à parte para seus hospedes.

A charmosa Pousada Pedra da Laguna, na Praia de João Fernandes, aceita cães até 15 quilos:

– A taxa pet é de R$ 150. O cão tem trânsito em todas as áreas da pousada, fora restaurante e recepção. Próximo a piscina é necessário utilizar a guia. O valor da diária está incluído limpeza, toalhas diferenciadas, vasilhas para agua, comida e cama pro pet – explicou Barbara, do setor de reservas e eventos.

A produtora de eventos, Drika Nogueira é uma autoridade no assunto em Búzios. Em outubro passado, ela hospedou mais de 50 cães, de diversas raças e tamanho, alguns premiados mundo a fora, que participaram da 4ª Edição do Pet Fashion Day, realizado sempre com sucesso na Rua das Pedras. Organizadora desse evento, Drika arrecada ração para campanhas solidária:

– Mais do que companheiros fiéis, os pet são hoje vistos e tratados como verdadeiros integrantes das famílias. O evento acontecerá nos mesmos moldes, será para arrecadar ração e ativar campanhas solidarias, tendo cachorros de vários cidades e estados já confirmados para a edição que acontece este ano – antecipou Drika.

Mercado promissor
No Brasil, o foco do mercado para pets é bastante promissor mas ainda não chegou a tanto, especialmente porque pouquíssimas agências de viagem e guias do setor hoteleiro possuem informações sobre o tema. Em Búzios, não é diferente:

– Uma pesquisa do Tripadvisor já mostrou no passado que a comunidade de donos de pets é grande e tem potencial. O mercado também notou que é possível explorar o ramo e aos poucos tem aberto as portas para os amantes dos bichinhos. Em 2010, a Associação de Hotéis de Búzios (AHB) identificou, também através de pesquisas, apenas três estabelecimentos que permitiam acesso de animais. Hoje, são mais de 20, prova consistente da evolução no mercado pet em Búzios – comentou o presidente da Associação Búzios Convention & Visotors Burau, empresário Thomas Weber.

Os sites da Associação de Hotéis de Búzios (AHB) – www.buziosdirect.com.br e do Búzios Convention & Visitors Bureau (BCVB) – www.visitbuzios.com indicam os meios de hospedagem que aceitam pet. Recomenda-se, entrar em contato via telefone ou por email, para saber mais informações sobre as regras de hospedagens para cães.

Hector Sirera, presidente da AHB e proprietário da Pousada Alberge de La Languste, no Morro do Humaitá, obedece alguns critérios para receber os caninos e por isso, ele sugere uma ligação ou email para os meios que hospedam cães.

Lei do cão-guia
Lei do cão-guia completa 18 anos em meio a novas medidas para facilitar a mobilidade dos cegos. Em vigor desde o fim de junho de 2005, a lei (11.126/05) garante às pessoas com deficiência visual o direito de entrar e permanecer em espaços de uso coletivo acompanhadas de cão-guia.

Entre esses espaços, o texto cita explicitamente os veículos e os estabelecimentos públicos e privados.

Para não restar dúvida, a lei também deixa clara a permissão de entrada de cães-guia em todas as modalidades de transporte interestadual e, até mesmo, internacional, desde que o ponto de partida seja em território brasileiro.

Há previsão de multa e até interdição para o estabelecimento onde houver descumprimento dessa determinação. Em alguns meios de hospedagem não cobram diária de cães guias.

Confira as pousadas e hotéis que aceitam animais em Búzios:

Pousada Amancay – João Fernandes
Tel.: 22 2623-4270

Aquabarra Hotel Boutique & SPA – Geribá
Tel.: 22 2623-6186

Pousada Auberge de La Langoust – Morro do Humaitá
Tel.: 22 2623-1273

Pousada El Parador – Centro
Tel.: 22 2623-0840 / 2623-1917

Pousada Hibiscus Beach – João Fernandes
Tel.: 22 2623-6221

Jardim de Geribá Apart Hotel – Geribá
Tel.: 22 2623-2011

Pousada Martin Pescador – Enseada do Gancho
Enseada do Gancho, 15A –Tel.: 22 2623-1449

Pousada Pedra da Laguna – Ferradura
Tel.: 22 2623-1965

Pousada Saint Germain – Morro do Humaitá
Tel.: 22 2623-1044

Pousada Aquarium – Geribá
Vieira Câmara, 05 – Trevo da Barbuda – Tel.: 22 2623-0884

Hotel para cães em Búzios
www.facebook.com/hospedacaesbz

Por Gustavo Medeiros

Comentários